Notícias

‘Falta saber se os profissionais do Flamengo são capacitados para estarem ali’, declara Mauro Cezar Pereira

Partido PL quer lançar Marcos Braz a deputado federal
Foto: Reprodução

O Flamengo segue em crise após não ter começado o ano como imaginado. Nesse sentindo, o Rubro-Negro perdeu a final da Supercopa, para o Atlético-MG, e o título do Carioca, para o Fluminense. Além disso, o trabalho de Paulo Sousa não é visto com bons olhos na Gávea. Como resultado, Marcos Braz, vice presidente de futebol do clube anda pressionado.

Siga Diário do Fla no Twitter

Sobre a perspectiva caótica em que o Mais Querido se encontra no momento, o jornalista Mauro Cezar Pereira, questiona o nível de profissionalismo dentro do departamento de futebol do clube. Para o comentarista, não faltam profissionais no clube. Todavia, basta saber se estes são capacitados para estarem ocupando os cargos no Flamengo.

Siga Diário do Fla no Instagram  

“O Marcos Braz ocupa um cargo não remunerado. Ou seja, ele foi eleito para aquele cargo. Desse modo, por não ser um profissional, uma série de questionamentos começam a surgir, que são até pertinentes. Muito gente fala que precisa de profissionalismo no futebol do Flamengo. Contudo, tirando o Marcos Braz, todos ali são profissionais, os jogadores, fisioterapeuta, comissão técnica, roupeiro, assessor de empresa, médico, enfim todos”, contextualizou o jornalista.

Curta Diário do Fla no Facebook 

“Ainda existem profissionais ainda mais técnicos, da parte mais ligada aos jogadores. O Flamengo tem gerente gerente de futebol, diretor de futebol, gerente de transição. O que fazem estas pessoas? Essa é a grande questão, é a grande duvida. Então, o que falta no Flamengo é saber se as pessoas que estão no clube são capacitadas para estarem ali. Esta é a discursão”, concluiu.



Link do Artigo do DiariodoFla.com.br

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.