Notícias

Torcedores do Flamengo caem em golpe e ficam sem hospedagem em viagem para o Uruguai


Hotel em Montevidéu que torcedores do Fla reservaram via Airbnb

Reprodução Facebook

Rio – A final da Libertadores de 2021 que acontece no dia 27 de novembro no Uruguai vem atraindo o interesse de muitos torcedores do Flamengo e do Palmeiras. Muitos pacotes de viagem tem sido vendidos para Montevidéu, porém, cada brasileiro que desejar viajar para a capital uruguaia deve ter cuidado para não cair em um golpe. O portal “UOL” revelou que alguns rubro-negros acabaram pagando por uma hospedagem falsa em um suposto hotel no Uruguai.

O nome do falso estabelecimento é “Balmoral Plaza Hotel”. Ele prometia a seus futuros clientes uma boa localização no centro da capital uruguaia e próximo ao estádio Nacional, local da partida. Os torcedores ouvidos pelo portal fizeram a reserva através do site “Airbnb”. A preocupação dos rubro-negros começou com os rumores de que o hotel não estava em funcionamento.

“O hotel estava com um preço bom, próximo ao hotel que o Flamengo ficará e próximo ao estádio. Fiz a reserva sem problema nenhum. Depois de uma semana, porém, não conseguia falar com o anfitrião e vi uma notícia de que o hotel tinha falido, e aí percebi que era por isso que não estavam me respondendo. Daí então entrei em contato com o Airbnb, que me pediu de três a cinco dias para o anfitrião responder, até que eles me disseram que realmente o anfitrião não estava respondendo”, afirmou o torcedor do Flamengo, Fábio de Santana Moreira, que havia feito a reservado o hotel entre os dias 25 a 28 de novembro.

Com a confirmação de que o hotel não estava mais funcionando, Fábio passou a cobrar uma solução ao Airbnb, porém, o torcedor não conseguiu nada compatível com as condições que havia reservado anteriormente. “Foi quando comecei a apertar e cobrar que eles tinham que me remanejar ou fazer uma logística que atendesse minhas condições. Me passaram uns quatro links de outros hotéis, mas não eram no mesmo valor e a localidade e a estrutura eram totalmente diferentes”, contou Fábio, que tem a sinalização de que o valor da reserva será estornado pelo Airbnb na fatura de seu cartão de crédito. No entanto, o torcedor que não tem hospedagem confirmada ainda, já realizou a compra de toda a logística de transporte comprada, indo até Porto Alegre (RS) de avião e fazendo o restante do trecho em ônibus fretado.

Outro rubro-negro que foi vítima do mesmo golpe foi Leonardo Ribeiro. Presente em Lima em 2019, o torcedor garantiu passagem e hospedagem quando o Flamengo ainda estava nas quartas de final da edição deste ano. Porém, diferentemente de Fábio, o torcedor descobriu que o estabelecimento estava desativado mais cedo, o que o permitiu já ter sido estornado.

“Eu abri um protocolo e o Airbnb me ligou. Era até um cara com sotaque de outro país. Na ocasião, me passou umas orientações de que quando fosse alugar, procurasse falar com o anfitrião antes, e caso ele não respondesse, era para não efetivar a reserva. Aí eu falei: ‘Tudo bem, mas isso não é obrigação minha. Se a reserva está lá disponível…'”, declarou Ribeiro, que elogiou a agilidade da empresa. “Mas ele foi super solícito, me informou que estava efetuando o cancelamento e dizendo que poderia demorar até duas faturas para receber o valor, mas que estava cancelado e que eu iria receber tudo. Aí entrei na minha fatura do cartão de crédito e já tinham reembolsado tudo”, destacou.

Além de Leonardo, mais cinco amigos passaram pelo mesmo problema e acabaram ressarcidos. Depois disso, o torcedor do Flamengo conseguiu reservar uma nova hospedagem, desta vez numa casa para abrigar todos, só que situada em outra cidade, a cerca de 40 minutos de Montevidéu.

Link Original

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.