Notícias

Bruno Henrique marca, entra na história, e Flamengo vence na estreia da Libertadores

Flamengo – ERNESTO BENAVIDES / AFP

Flamengo

ERNESTO BENAVIDES / AFP

A partida entre Sporting Cristal e Flamengo ganhou roteiro de novela mexicana. Ou melhor, peruana. Com a cidade de Lima em crise, sofrendo com protestos, o jogo chegou a ser suspenso pela Conmebol, mas, minutos depois, a entidade confirmou o confronto com portões fechados por questão de segurança.

Superada a incerteza, os dois times disputaram uma partida fraca tecnicamente, no estádio Nacional de Lima, mas que serviu para o Rubro-Negro retornar ao caminho das vitórias e Bruno Henrique fazer história. Com gols do atacante e de Matheuzinho, a equipe carioca venceu por 2 a 0 e iniciou a Libertadores 2022 com o pé direito.

O primeiro tempo do Flamengo não foi aqueles de cinema, mas foi o suficiente para o time de Paulo Sousa conseguir o placar positivo nos primeiros 45 minutos. Mesmo com uma desorganizada no meio de campo, o Rubro-Negro conseguia neutralizar o Sporting Cristal, mas não conseguia transformar a posse de bola em oportunidade para balançar a rede.

Porém, na primeira oportunidade de fazer o gol, o Flamengo conseguiu converter. Willian Arão deu ótimo passe para Matheuzinho na ponta direita. Ele cruza rasteiro para Bruno Henrique, que bateu de primeira, com o pé esquerdo. A bola ainda tocou na trave antes de entrar.

Esse gol marcado por Bruno Henrique é histórico: 16º com a camisa do Flamengo em Libertadores, igualando o ídolo Zíco e ficando atrás de Gabigol, que tem 20. O tento foi a única oportunidade criada pelo Flamengo no primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Flamengo voltou pior e viu o Sporting Cristal crescer na partida. Aos 11 minutos, Gonzáles cobrou falta na área, a bola foi escorada para Chávez na pequena área, e Gustavo Henrique fez corte providencial. Boa chance dos peruanos desperdiçada. Em seguida, Filipe Luís, com problemas físicos, pediu para sair e deu lugar a Léo Pereira.

Aos 23 minutos, Hugo Souza salvou o Flamengo. Em bola cruzada na área, Gustavo Henrique tirou, e, na sobra, o goleiro fez grande defesa em chute de Ávila à queima-roupa. Depois, o jogou caiu ainda mais de nível, e o Rubro-Negro conseguiu fechar o caixão aos 41, com Matheuzinho. Lázaro recebeu no meio-campo, girou, avançou e deu ótimo passe para o lateral. Ele entrou na área e chutou cruzado para ampliar a vantagem rubro-negra.

Agora, o Flamengo vira a chave e foca na estreia do Brasileirão, no sábado, às 19h, em Goiânia, diante do Atlético-GO. Pela Libertadores, o próximo duelo rubro-negro é com o Talleres, da Argentina, no dia 12, Às 21h30, pela segunda rodada da competição.

Link Original

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.