Notícias

vaiado, Hugo é pouco exigido; Everton Ribeiro e Arão se destacam


17/5/2022 23:51

Flamengo garantiu vitória sem dificuldades por 3 a 0 contra a Católica

Hugo (GOL): não teve muito trabalho durante o jogo, e vaiado a cada toque na bola por causa de falhas em jogos anteriores. Nota: 6,0

Matheuzinho (LAD): levou um amarelo aos dois minutos de jogo, o que criou preocupação com sua participação defensiva. Deu um bom cruzamento para Bruno Henrique no início do lance do gol marcado por Everton. Nota: 6,0


Rodrigo Caio (ZAG): mais uma partida com boa desenvoltura técnica, mesmo depois de tanto tempo inativo. Foi bem no 1 x 1, pelo alto e orientou bastante a movimentação dos laterais na formação da última linha defensiva. Nota: 7,0

Pablo (ZAG): mostrou-se firme nas rebatidas, tanto por baixo quanto por cima, e se entendeu bem com Rodrigo Caio. Atuação segura. Nota: 6,5

Ayrton (LAE): cometeu alguns erros, mas mostrou mais ousadia no setor ofensivo ao tentar jogadas individuais pela ponta. Se empenhou bastante na marcação. Nota: 6,5

Arão (VOL): além do gol, que tranquilizou o time no caminho para a vitória, fez bem sem papel na marcação e ajudou na cobertura dos dois lados. Dos seus 35 gols pelo Flamengo, 19 foram de cabeça (54%). Nota: 7,5

Andreas Pereira (VOL): outro que preocupou ao levar cartão amarelo aos dois minutos de jogo, mas conseguiu levar bem a partida. Conseguiu alguns bons passes e desarmes. Teve uma chance no primeiro tempo, mas o goleiro travou sua finalização. Nota: 6,5

Everton Ribeiro (MEI): aterrorizou os marcadores com sua habilidade e foi o grande destaque do setor de criação contra a Católica. Boa atuação premiada com um gol. Deixou Pedro na cara do goleiro, mas o centroavante perdeu. Nota: 8,0

Arrascaeta (MEI): conseguiu algumas boas jogadas, mas teve alguns erros bobos de passe e conseguiu o brilho de outros jogos. Perdeu uma boa chance no fim. Nota: 6,0

Bruno Henrique (ATA): deu uma assistência de cabeça para o gol de Everton Ribeiro e foi a principal alternativa de velocidade para abrir a defesa chilena. Nota: 6,5

Gabigol (ATA): conseguiu armar jogadas de perigo, mas como finalizador não estava em uma boa noite, já que desperdiçou boas chances. Nota: 5,5

Entraram:

Rodinei (LAD): entrou aos 24 do segundo tempo no lugar de Matheuzinho. Nota: 6,0

Lázaro (MEI): entrou aos 24 do segundo tempo no lugar de Bruno Henrique e manteve o bom nível do titular com muita correria e qualidade no 1 x 1. Nota: 6,5

Pedro (ATA): entrou aos 24 do segundo tempo no lugar de Gabigol. Perdeu uma chance clara, mas depois se recuperou um belo gol em jogada individual, de perna esquerda. Nota: 7,0

João Gomes (VOL): entrou aos 32 do segundo tempo na vaga de Andreas e ajudou o Flamengo a controlar o jogo. Nota: 6,0

Victor Hugo (MEI): entrou aos 40 no lugar de Arrascaeta. Sem nota


618 visitas – Fonte: Globo esporte



VEJA TAMBÉM

Flamengo 3 x 0 Universidad Católica | Melhores Momentos

Notas dos jogadodres: vaiado, Hugo é pouco exigido; Everton Ribeiro e Arão se destacam

Torcida do Flamengo hostiliza dirigentes e não dá trégua a Hugo, que é abraçado pelo grupo e se emociona

VEJA: Flamengo tem pior início de Brasileirão em oito temporadas e corre risco de entrar no Z4

CONFIRA: Na corda bamba? Flamengo não avalia demissão do técnico Paulo Sousa

Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!
Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas



Link Original

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.