Notícias

Sob pressão, Flamengo inicia trajetória no Brasileiro contra o Atlético-GO

Sob muita pressão, o

Flamengo

embarcou para Goiânia para iniciar a trajetória no

Campeonato Brasileiro

, contra o

Atlético-GO

, no Antônio Accioly, hoje (9). A estreia acontece no dia seguinte a

fortes protestos na porta do CT Ninho do Urubu

, em mais um episódio de um clube que atravessa uma crise com reflexos nos bastidores.

O Rubro-Negro chega à partida após uma semana de turbulência, que teve como estopim a

derrota na final do Campeonato Carioca

. De lá para cá, o departamento de

futebol

foi alvo de críticas e houve até mesmo uma

“guerra” entre grupos políticos

.

Nem sequer a

vitória sobre o Sporting Cristal, do Peru

, no pontapé inicial na

Libertadores

, foi capaz de melhorar o clima no clube, e a turbulência ganhou novos contornos nos últimos dias.

Diante do Dragão, a equipe busca pela paz longe de casa. A chegada ao hotel em Goiânia, inclusive, foi debaixo de festa e do carinho dos rubro-negros.

Durante os protestos, Marcos Braz, vice-presidente de Futebol, foi alvo de gritos negativos da torcida, que entre palavrões e em uma composição já clichê nas arquibancadas, disseram que o Flamengo “não precisa de você”.

Em coletiva realizada ontem (8), o vice e Bruno Spindel, diretor executivo de Futebol, rechaçaram qualquer problema de relacionamento entre o técnico Paulo Sousa e o elenco, e demonstraram confiança no trabalho da comissão técnica.

“Quando os resultados não acontecem, a temperatura aumenta. O Paulo foi contratado para fazer ajustes que precisávamos que fossem feitos. Sabíamos da qualidade da comissão dele. Qualquer técnico faz os pedidos de reforços em posições que acha que deveria. E o que aconteceu? Talvez elas não tenham acontecido onde ele achava que poderia ser mais importante. Ele pediu alguns jogadores, e isso deixamos claro, tivemos vários problemas. Conseguimos contratar, mas não na velocidade que se imaginava”, disse Braz.

“Entendemos que vamos passar por essa fase. Ano passado, ganhamos esses dois campeonatos [Supercopa e Carioca] e a temporada não terminou bem. Espero que, dessa vez, a gente consiga o contrário, premiar com um fim de temporada melhor”, completou.

E dos reforços que o dirigente comentou, dois foram apresentados ontem: o goleiro Santos e o lateral-esquerdo Ayrton Lucas, em eventos que ficaram completamente em segundo plano diante do cenário.

Spindel, diretor de futebol do Flamengo, Santos, Ayrton Lucas e Marcos Braz, vice-presidente de Futebol - Gilvan de Souza / Flamengo - Gilvan de Souza / Flamengo

Imagem: Gilvan de Souza / Flamengo

Enquanto do lado de fora o clima era quente, dentro dos muros do Ninho se buscava a normalidade, mesmo que ainda sob reflexos do que os jogadores haviam acabado de passar. Nesta conjuntura negativa, Paulo Sousa passou instruções ao elenco e fez os últimos ajustes para o confronto com o Dragão.

“Enxergamos um trabalho em construção, com a chegada de novas peças até para adaptar ao que deseja o treinador. É um trabalho contínuo que leva tempo de implementação. Então, em diversos momentos vimos o time organizado e mostrando as ideias. Temos total confiança de que o trabalho vai evoluir e dar resultado. Todos estamos frustrados com a Supercopa e Carioca. Julgamos que jogamos bem na Supercopa, e lamentamos uma influência relevante da arbitragem. Viramos um jogo duríssimo contra uma equipe muito forte e tivemos a chance de decidir nas penalidades. A gente vai trabalhar nesse trabalho de construção para buscar os títulos”, apontou Spindel.


FICHA TÉCNICA:


ATLÉTICO-GO x FLAMENGO

Competição

: Campeonato Brasileiro, 1ª rodada


Local

: Antônio Accioly, em Goiania (GO)


Dia

: 09 de Abril de 2022, sábado


Horário

: 19h (horário de Brasília)


Árbitro

: Braulio da Silva Machado (FIFA / SC)


Assistentes

: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)


VAR

: Rodrigo D Alonso Ferreira (SC)


FLAMENGO

: Santos (Hugo), Gustavo Henrique, David Luiz e Filipe Luís; Matheuzinho, Gomes, Andreas Pereira (Willian Arão) e Lázaro (Everton Ribeiro); Arrascaeta, Bruno Henrique e

Gabigol

.

Técnico

: Paulo Sousa


ATLÉTICO-GO

: Luan Polli; Dudu, Wanderson, Edson e Jefferson; Marlon Freitas, Gabriel Baralhas e Jorginho; Shaylon, Wellington Rato e Léo Pereira.

Técnico

: Umberto Louzer

Link Original

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.