Notícias

‘Ninguém o abraçou, não recebeu um aperto de mão’, diz jornalista sobre comemoração de Paulo Sousa


‘Ninguém o abraçou, não recebeu um aperto de mão’, diz jornalista sobre comemoração de Paulo Sousa

O Flamengo derrotou o Sporting Cristal por 2 a 0 e iniciou bem a caminhada na Libertadores. Apesar do triunfo, o Rubro-Negro não teve boa atuação e foi definir o placar apenas no final da partida. Em publicação no ‘UOL’, o jornalista Luis Augusto Símon, mais conhecido como Menon, escreveu sobre a comemoração solitária de Paulo Sousa.

”Há algo errado no clube. A comemoração de Paulo Sousa no segundo gol foi uma mistura. Braços para o alto, virou-se de costas para o campo, de frente para o banco e não foi vítima daquela avalanche comemorativa de tantos gols. Ninguém pulou, ninguém o abraçou, não recebeu um aperto de mão. Estava mais só que uma noiva abandonada no altar. A imagem faz lembrar e reciclar insinuações de que existe trabalho orquestrado para derrubar o técnico. Existiria uma panelinha. Ou mais de uma. Não sei se tem. Uma acusação assim é muito grave, precisa ser bem fundamentada. Mas na cabeça de ex-jogadores que viraram misto de comentaristas e comediantes, desde o início as exigências de Paulo Sousa colocariam sua cabeça em jogo”, escreveu, antes de finalizar:

”Haja ou não haja panelinha, a verdade é que a solidão de Paulo Sousa mostra um grupo que não caminha junto. Um grupo que não tem o mesmo objetivo. E, se um grupo esportivo não caminha junto, não chega a lugar algum”, completou.

Curta o Diário do Fla no Facebook

O Mais Querido, agora, volta a campo no próximo sábado, quando visita o Atlético-GO pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Para esta partida, o técnico Paulo Sousa deve ter o retorno de Arrascaeta no time titular.

Link do Artigo do DiariodoFla.com.br

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.