Notícias

Grupo Flamengo Sem Fronteiras envia carta a dirigentes com sugestões para aperfeiçoamento do departamento futebol

Setor do clube é alvo de críticas internas e da torcida rubro-negra em meio à crise no Mengo


O grupo ‘Flamengo Sem Fronteiras’ enviou aos presidentes de poderes no Clube da Gávea uma carta de sugestões, visando o aperfeiçoamento do departamento de futebol. Em meio à crise interna do Mengo, a associação destacou que as críticas devem ser acompanhadas de soluções e contribuições.

Em linhas gerais, o ‘Flamengo Sem Fronteiras’ vê como necessário e urgente a profissionalização integral do modelo de gestão do clube. Nesse sentido, o grupo acredita que dirigentes voluntários prejudique bastante o dia a dia do Mais Querido.

Um dos tópicos abordados, portanto, foi o profissionalismo sem concessões. As demais sugestões foram pautadas em tópicos, como o crescimento contínuo do clube, com base na saúde financeira, e a criação do Método Flamengo, ou seja, uma metodologia própria de estilo de jogo e trabalho.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


VEJA COMUNICADO:


“O Grupo Flamengo Sem Fronteiras acredita que críticas devem ser
feitas sempre como contribuições. Assim sendo, e tomando por
oportuno o momento vivido pelo Departamento de Futebol
Profissional do Flamengo, estamos encaminhando aos poderes do
Clube nossas sugestões de aprimoramento.

Esse documento foi concebido tomando por base o capítulo 3 de
nosso PDG, elaborado para a campanha recente desenvolvida para
a eleição do Conselho Diretor do Flamengo, em dezembro de 2021.

Nesse contexto, as recomendações aqui descritas são recentes. Na
verdade, os desdobramentos ocorridos no âmbito do Departamento
de futebol do Flamengo, tornam essas recomendações originalmente
feitas no fim do ano passado, ainda mais pertinentes e de aplicação
urgente, em nossa opinião.

Em linhas gerais, entendemos que há uma mudança radical no
ambiente de negócios do futebol, com crescimento acelerado de
receitas, entrada de investidores externos e outros vetores que vêm,
ao longo dos últimos anos, modificando significativamente a dinâmica
desse mercado.

Nesse contexto, acreditamos que não há outra alternativa para o
Departamento de Futebol Profissional do Flamengo se não abraçar
incondicionalmente um modelo de gestão integralmente profissional.
Um modelo sem a interferência de dirigentes voluntários, no dia a dia
da gestão do Departamento”.


VEJA AQUI O DOCUMENTO NA ÍNTEGRA: https://flasemfronteiras.com.br/docs/Documento_Sugestoes_Futebol.pdf


Link da matéria

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.