Notícias

Bruno Henrique elogia postura do Flamengo na estreia da Libertadores: ‘Conseguimos impor nosso ritmo’



O jogo quase não aconteceu devido aos protestos da população peruana


, mas o Flamengo entrou em campo e estreou com vitória na Copa Libertadores.


Os comandados do português Paulo Sousa bateram o Sporting Cristal por 2 a 0


com gols de Bruno Henrique e Matheusinho. Na saída de campo, o atacante falou sobre a atuação da equipe, no Peru.

– Jogar da forma que o mister (Paulo Sousa) pediu,  pressionando, marcando, saindo no contra-ataque. A equipe do Cristal tem um grande time. Sabíamos da dificuldade que é jogar aqui. Conseguimos impor nosso ritmo, matar o jogo e sair com os três pontos daqui – disse o atacante.



+ Confira e simule a tabela da Copa Libertadores

Apesar do elogio, a equipe teve dificuldade em construir jogadas de perigo, sobretudo no segundo tempo. Além disso, os peruanos tiveram algumas chances de abrir o placar, uma sendo parada em boa defesa de Hugo Souza. O atacante disse que o rubro-negro soube matar o jogo e voltar com os três pontos para o Rio de Janeiro.

– Sim. O jogo estava muito parelho, estávamos bem postados na hora que eles chegaram e eles não conseguiram. A gente conseguiu no contra-ataque, na hora certa matar o jogo. Parabéns para a nossa equipe que fez um grande jogo hoje – afirmou Bruno Henrique.




+ Autor do gol em vitória do Flamengo sobre o Sporting Cristal, Bruno Henrique iguala Zico na Libertadores

O próximo compromisso do Flamengo será no sábado, na estreia pelo Campeonato Brasileiro, diante do Atlético-GO, às 19h, no Antônio Accioly. Na Libertadores, a segunda rodada acontece na terça, às 21h30, no Maracanã, contra o Talleres, da Argentina.

Sporting Cristal x Flamengo

Bruno Henrique marcou o primeir gol da vitória do Flamengo na estreia da Libertadores (ERNESTO BENAVIDES / AFP)

Link Original

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.