Notícias

Análise: trabalho de Renato Gaúcho no Flamengo atravessa seu pior momento


A oscilação e a queda de produtividade do Flamengo é uma constatação. Nos últimos dez jogos em um mês, são cinco vitórias, quatro empates e uma derrota. A segunda não veio por pouco, justamente em um jogo decisivo pela semifinal da Copa do Brasil. Se até agora o time de Renato Gaúcho tinha apresentações fracas no Brasileiro compensadas nos torneios eliminatórios, diante do Athletico, em Curitiba, manteve o viéis de baixa. Empatou por 2 a 2, mas foi desorganizado, sem criatividade, e por pouco não levou a decisão para o Maracanã em desvantagem.


Empate:


Flamengo mantém declínio coletivo e escapa de virada do Athletico com pênalti no fim

Que o trabalho de Renato Gaúcho vive seu pior momento está claro. A questão é se o clube vai conseguir suportar esse mau momento e reagir a tempo de bater de frente com o Atlético-MG no Brasileiro e quem sabe na própria Copa do Brasil, e decidir a Libertadores contra o Palmeiras em um mês. Se o time não reagir logo, os títulos vão se tornar obra do acaso. Há claros sinais de esgotamento em meio a calendário e desfalques, mas jogadores e treinador têm responsabilidade.

Foto Anterior

Proxima Foto

Renato Gaúcho faz o "V" da vitória em seu carro após o treino do Botafogo Foto: Arquivo O Globo / Agência O Globo - 12/05/1992
Renato Gaúcho faz o “V” da vitória em seu carro após o treino do Botafogo Foto: Arquivo O Globo / Agência O Globo – 12/05/1992
O atacante Renato Portaluppi passa por defensor do Santa Cruz, em partida válida pela Copa União de 1987. O placar: Flamengo 3 X 1 Santa Cruz Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo - 22/11/1987
O atacante Renato Portaluppi passa por defensor do Santa Cruz, em partida válida pela Copa União de 1987. O placar: Flamengo 3 X 1 Santa Cruz Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 22/11/1987
Renato Gaúcho chega sorridente para treino do Flamengo Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo - 28/07/1987
Renato Gaúcho chega sorridente para treino do Flamengo Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 28/07/1987
Renato Gaúcho durante treino do Flamengo em 1988 Foto: Otávio Magalhães / Agência O Globo - 03/03/1988
Renato Gaúcho durante treino do Flamengo em 1988 Foto: Otávio Magalhães / Agência O Globo – 03/03/1988
Renato Gaúcho comemora com o goleiro Welerson o título estadual conquistado sobre o Flamengo com o lendário gol de barriga Foto: Arquivo / Agência O Globo - 25/06/1995
Renato Gaúcho comemora com o goleiro Welerson o título estadual conquistado sobre o Flamengo com o lendário gol de barriga Foto: Arquivo / Agência O Globo – 25/06/1995

Pular

Renato Gaúcho entrega camisa do Fluminense para a apresentadora Xuxa Foto: Arquivo O Globo / Agência O Globo - 23/09/1996
Renato Gaúcho entrega camisa do Fluminense para a apresentadora Xuxa Foto: Arquivo O Globo / Agência O Globo – 23/09/1996
Renato Gaúcho domina bola durante partida do Brasileirão de 1997 Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo - 20/09/1997
Renato Gaúcho domina bola durante partida do Brasileirão de 1997 Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 20/09/1997
Renato Gaúcho comandou o Bangu em 1999 Foto: Pércio Campos / Agência O Globo - 03/03/1999
Renato Gaúcho comandou o Bangu em 1999 Foto: Pércio Campos / Agência O Globo – 03/03/1999
Renato Gaúcho posa com bola antes do treino do Madureira Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo - 26/01/2001
Renato Gaúcho posa com bola antes do treino do Madureira Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 26/01/2001
Renato Gaúcho conversa com o jogador Beto durante treino do Flu Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo - 09/09/2002
Renato Gaúcho conversa com o jogador Beto durante treino do Flu Foto: Hipólito Pereira / Agência O Globo – 09/09/2002

Pular

Renato Gaúcho na praia de Ipanema Foto: Guilherme Pinto / Agência O Globo - 17/03/2003
Renato Gaúcho na praia de Ipanema Foto: Guilherme Pinto / Agência O Globo – 17/03/2003
Romário conversa com Renato durante treino do Vasco Foto: Fernando Maia / Agência O Globo - 14/03/2006
Romário conversa com Renato durante treino do Vasco Foto: Fernando Maia / Agência O Globo – 14/03/2006
Renato Gaúcho orienta Edmundo, Leandro Amaral e Eduardo Luiz durante treino do Vasco, em São Januário Foto: Ivo Gonzalez / Agência O Globo - 26/09/2008
Renato Gaúcho orienta Edmundo, Leandro Amaral e Eduardo Luiz durante treino do Vasco, em São Januário Foto: Ivo Gonzalez / Agência O Globo – 26/09/2008
Treino do Fluminense nas Laranjeiras sob o comando do técnico Renato Gaúcho Foto: Jorge William / Agência O Globo - 01/06/2007
Treino do Fluminense nas Laranjeiras sob o comando do técnico Renato Gaúcho Foto: Jorge William / Agência O Globo – 01/06/2007
Renato Gaúcho teve Valdir Espinosa como auxiliar técnico no Fluminense Foto: Jorge William / Agência O Globo - 04/08/2009
Renato Gaúcho teve Valdir Espinosa como auxiliar técnico no Fluminense Foto: Jorge William / Agência O Globo – 04/08/2009

Pular

Renato Gaúcho de férias no Rio em 2017 Foto: Marluci Martins / Agência O Globo
Renato Gaúcho de férias no Rio em 2017 Foto: Marluci Martins / Agência O Globo
Renato Gaúcho jogou o Mundialito de Futevôlei 4x4, em 2013, realizado em Copacabana Foto: Divulgação
Renato Gaúcho jogou o Mundialito de Futevôlei 4×4, em 2013, realizado em Copacabana Foto: Divulgação
Renato Gaúcho jogou o Mundialito de Futevôlei 4x4, em 2013, realizado em Copacabana Foto: Arquivo O Globo - 08/03/2013
Renato Gaúcho jogou o Mundialito de Futevôlei 4×4, em 2013, realizado em Copacabana Foto: Arquivo O Globo – 08/03/2013
Renato Gaúcho visita Arena do Grêmio depois de ser anunciado como técnico do time para a temporada de 2013 Foto: LUCAS UEBEL / Agência O Globo - 25/07/2013
Renato Gaúcho visita Arena do Grêmio depois de ser anunciado como técnico do time para a temporada de 2013 Foto: LUCAS UEBEL / Agência O Globo – 25/07/2013
O primeiro título de Renato Gaúcho como técnico do Grêmio foi a Copa do Brasil conquistada sobre o Atlético-MG, em 2016. O tricolor vendeu o time de Minas Gerais por 4 x 2 no placar acumulado. O jogo da final, na casa do adversário, terminou empatado em 1 a 1 Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA
O primeiro título de Renato Gaúcho como técnico do Grêmio foi a Copa do Brasil conquistada sobre o Atlético-MG, em 2016. O tricolor vendeu o time de Minas Gerais por 4 x 2 no placar acumulado. O jogo da final, na casa do adversário, terminou empatado em 1 a 1 Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA

Pular

Renato Gaúcho é erguido pelos comandados depois de conquistar a Libertadores de 2017. Na sequência ele foi vice-campeão mundial e campeão da Recopa Foto: EITAN ABRAMOVICH / AFP
Renato Gaúcho é erguido pelos comandados depois de conquistar a Libertadores de 2017. Na sequência ele foi vice-campeão mundial e campeão da Recopa Foto: EITAN ABRAMOVICH / AFP
Renato carrega troféu da Recopa 2018, conquistada nos pênaltis: 5 x 4, depois de um placar acumulado de 1 x 1, sobre o Independiente, da Argentina Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA
Renato carrega troféu da Recopa 2018, conquistada nos pênaltis: 5 x 4, depois de um placar acumulado de 1 x 1, sobre o Independiente, da Argentina Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA
Com uma goleada de 6 a 0 sobre o Avenida, Renato Gaúcho conquistou, em 2019, a Recopa Gaúcha Foto: Max Peixoto / DiaEsportivo
Com uma goleada de 6 a 0 sobre o Avenida, Renato Gaúcho conquistou, em 2019, a Recopa Gaúcha Foto: Max Peixoto / DiaEsportivo
O primeiro título do tri estadual saiu em 2018, depois de conquistar a Recopa Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA
O primeiro título do tri estadual saiu em 2018, depois de conquistar a Recopa Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA
Renato ergue a taça de campeão gaúcho em 2019 Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA
Renato ergue a taça de campeão gaúcho em 2019 Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA

Pular

Com medalha no peito e ao lado do troféu, o ex-técnico Renato Gaúcho comemora o tricampeonato gaúcho, conquistado em 2020 Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA
Com medalha no peito e ao lado do troféu, o ex-técnico Renato Gaúcho comemora o tricampeonato gaúcho, conquistado em 2020 Foto: Lucas Uebel / Lucas Uebel/Gremio FBPA

O pênalti convertido por Pedro nos acréscimos salvou o Flamengo da derrota em Curitiba. Thiago Maia abriu o placar no primeiro tempo, mas Pedro Henrique e Renato Kayser viraram o jogo no segundo tempo, em jogadas pelo alto em cima de Léo Pereira. O Flamengo, que já não tinha Arrascaeta e Bruno Henrique, machucados, ainda perdeu Gabigol, que teve atuação ruim e acabou torcendo o pé na etapa final.

Fla-Flu

Antes do jogo de volta, quando uma vitória simples classifica o Flamengo para a final, o time terá o Fluminense pela frente no sábado, pelo Brasileiro. Sem vantagem de gol fora de casa na Copa do Brasil, qualquer empate leva a decisão para os pênaltis. Na reta final de temporada, o técnico Renato Gaúcho trocou os sorrisos das goleadas em sequência por partidas pobres tática e tecnicamente da equipe. Sem tempo para treinar e com muitos problemas físicos, o time perdeu o entrosamento e as ideias.

Ontem, achou um gol depois de sofrer pressão inicial. O que lhe permitiu momentos de soberania. Mas foi só o Athletico ajustar o espaço no seu meio-campo para criar dificuldades. O Flamengo passou a errar muitos passes, perder poder de criação, e ficar encurralado. Ainda há tempo de encontrar uma saída.

Link Original

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.