Notícias

Altitude? Que nada! Lucas Paquetá faz gol, dá assistência e Brasil goleia Bolívia


Altitude? Que nada! Lucas Paquetá faz gol, dá assistência e Brasil goleia Bolívia
(Foto: Reprodução/Lucas Figueiredo/CBF)

O Brasil enfrentou a Bolívia nesta terça-feira (29/03), em La Paz, pela última rodada das Eliminatórias da Copa. Já classificada e com desfalques, a equipe entrou com diferenças em relação ao jogo contra o Chile. Mas, nem as mudanças e a altitude foram capazes de parar a Seleção. Com show do ex-Flamengo Lucas Paquetá, que fez 1 gol e deu 1 assistência, os comandados de Tite venceram por 4 a 0. Bruno Guimarães e Richarlison, duas vezes, completaram o placar.

O primeiro tempo foi bem tranquilo. Devido à altitude, o Brasil não acelerou o jogo, para não se desgastar. A seleção teve mais posse, mas a maioria das finalizações eram de fora da área, por cima. Então, aos 24, veio o gol e com marca rubro-negra. Após bela jogada e passe de Bruno Guimarães, Paquetá infiltrou na área e chutou no canto, abrindo o placar.

Este foi o terceiro gol do cria do Ninho nas Eliminatórias da Copa, dessa vez com a assistência do ex-companheiro de Lyon. Ainda deu tempo do Brasil fazer o segundo. Aos 44, Antony recebeu pela direita, avançou e finalizou de dentro da área. A bola desviou na zaga e sobrou limpa para Richarlison, sem goleiro, que empurrou para dentro.

A seleção voltou a mesma na segunda etapa e, aos 8, Tite fez a primeira mudança, tirando Coutinho para colocar Martinelli. aos 20, o Brasil fez o terceiro. O próprio Martinelli avançou em velocidade. Antes de entrar na área, o atacante foi travado, mas a bola ficou nos pés de Paquetá. O meia ex-Flamengo, então, deu um passe em elevação perfeito para Bruno Guimarães, que acertou um chute espetacular, de primeira, no ângulo.

Paquetá por muito pouco não fez mais um. Em uma bela troca de passes, Gabriel Martinelli recebeu passe em infiltração dentro da área, de frente para o goleiro. O cria do Ninho estava livre no lado e bastava receber o passe para marcar. Mas, o atacante optou por chutar e o goleiro fez a defesa.

Gabriel Martinelli continuou bem participativo e, dois minutos depois, quase fez um gol de placa. O atacante recebeu dentro da área, deu uma roleta contra o defensor adversário e tocou de cobertura, mas passou raspando da trave. Aos 31, Paquetá e Antony saíram, para entradas de Arthur e Rodrygo. Já aos 38, Arana entrou na vaga de Alex Telles.

Com a vitória, o Brasil chegou a 45 pontos, na liderança isolada das Eliminatórias. Ao todo, em 17 jogos, a seleção de Tite teve incríveis 14 vitórias e 3 empates, estando invicto na competição. Resta apenas o confronto atrasado contra a Argentina para finalizar a competição.

Link do Artigo do DiariodoFla.com.br

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.