Notícias

Abel pede desculpas após declaração sobre protestos no Flamengo: “Não compactuo com violência”

8/4/2022 20:02

Treinador do Fluminense disse querer sucesso esportivo do time, mas afirma que em nenhum momento quis incentivar qualquer tipo de invasão ao CT

O técnico Abel Braga se pronunciou após a polêmica declaração dada no início da tarde desta sexta-feira, quando cutucou o momento vivido pelo Flamengo após a perda do título do Campeonato Carioca para o Fluminense. Em discurso aos jogadores, ele afirmou que o Tricolor “causou um pouco de dano”, mas finalizou dizendo “desculpem, que se f* eles”. Em nota divulgada pela assessoria pessoal, o treinador se desculpou e reiterou que é contra a violência.

LEIA TAMBÉM: Flamengo encerra preparação para estreia no Brasileirão; veja relacionados e provável time

Hoje à tarde, em uma comemoração interna, soltei uma frase que gerou uma repercussão enorme. O futebol brasileiro se encontra em um estágio em que os protestos de torcedores estão cada vez mais fora dos limites. Por isso, gostaria de pedir desculpas, não pelo meu desabafo, até porque, esportivamente, quero o Fluminense sempre vencendo seus adversários no campo. Lembro que, há pouco tempo, nós passamos por isso no aeroporto. Entendo o torcedor, mas não compactuo com a violência. Por isso, reafirmo que em nenhum momento pretendi incentivar qualquer tipo de invasão ao centro de treinamento do Flamengo ou de qualquer outro clube. Já estamos com violência demais nesse país e no mundo. Sou da paz – diz a nota.

A declaração aconteceu pouco depois de protestos de torcedores em frente ao Nino do Urubu, CT do Flamengo. Carros de jogadores foram cercados por membros de torcidas organizadas do clube. Gabigol e Thiago Maia receberam fortes cobranças, sendo que os seus veículos foram alvos de tapas e socos, por exemplo. O discurso de Abel foi flagrado pela “FluTV”, canal oficial do clube, no momento que a taça do Estadual era colocada na sala de troféus.

No momento do discurso, Abel falava sobre a importância do título e cutucou o rival. O Flu, vale lembrar, conquistou o Carioca depois de dez anos após vencer o Flamengo no primeiro jogo por 2 a 0 e empatar o segundo em 1 a 1.

Não esperava isso, não. Mas de coração eu esperava ser campeão, porque ocorreu assim em 2005. Ninguém acreditava absolutamente nada na equipe pela Taça Guanabara muito ruim, mas vencemos a Taça Rio e saímos campeões. Em 2012 era o contrário, nós tínhamos que ser campeões porque tínhamos um super time. E agora, talvez está sendo o fato mais relevante e real é o ambiente que existe, junto com o coletivo que existe e junto com individualidades que fazem um time de futebol – disse.

Alguns estão conhecendo hoje isso aqui, vendo pela beleza, o quanto esse clube já ganhou. E nós hoje estamos colocando mais uma vez o nome nessa história. Temos que nos sentir orgulhosos. Me preocupa o que causamos um pouco de dano, o Ninho (do Urubu, CT do Flamengo) está sendo invadido, aquela coisa toda. Desculpem, que se f* eles. Se a gente continuar com esse ambiente que nós temos, a gente vai conseguir coisas melhores – completou.

Flamengo, Abel, Declaração, Protesto, Violência, Mengão


105 visitas – Fonte: LANCE



VEJA TAMBÉM

Últimas notícias do Flamengo: 5 notícias do Rubro-Negro que bombaram hoje (08/04)

MONTE SUA ESCALAÇÃO! Como você entraria para a partida contra o Atlético-GO?

[PRÓXIMO JOGO] Saiba onde assistir, horário e informações de Sporting Cristal x Flamengo

VEJA: Diretoria do Flamengo se irrita e faz Marcos Braz desmarcar reunião com conselheiros

CONFIRA: Com futuro de Andreas incerto, Fla deve investir em outro volante; Vidal ganha força

Instale o app do Flamengo para Android, receba notícias e converse com outros flamenguistas no Fórum!
Notícias de contratações do Flamengo
Notícias mais lidas



Link Original

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.