Notícias

Torcidas organizadas discutem com policiais militares na porta do CT do Flamengo: “Eles têm que parar”

Jogadores são cobrados em protesto por torcedores rubro-negros no Ninho do Urubu

Em meio ao caos nos bastidores do Flamengo, torcidas organizadas foram até a porta do Centro de Treinamento do Ninho do Urubu para protestar contra o elenco. Policiais militares, por isso, foram conversar com os torcedores, pedindo para ser mais pacífico, o que gerou discussão.

Membros das organizadas reclamaram do pedido da PM, alegando que os jogadores têm que parar para falar com os torcedores. Após um início de discussão, um policial foi taxativo ao falar: “Vou pedir reforço“, garantindo que iria solicitar a presença de outras viaturas, com mais policiais – o que, de fato, ocorreu durante a reivindicação dos adeptos.

O protesto, vale frisar, aconteceu devido ao cancelamento da reunião entre torcidas organizadas e lideranças do elenco. Por isso, torcedores marcaram de reivindicar as atitudes dos jogadores nos bastidores, visto que há conflitos até mesmo entre os atletas, além de que o plantel costuma questionar e criticar as decisões de Paulo Sousa.


O evento ocorre na manhã desta sexta-feira (08), no intuito de pedir, principalmente, maior sinergia e união entre elenco e comissão técnica, para que o Fla estreie bem no Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-GO.. Pela competição nacional, o Rubro-Negro vai a campo às 19h (horário de Brasília) deste sábado (09), no Estádio Antônio Accioly.



Link do artigo

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.