Notícias

Ranking da enfermaria: os times que iniciam Brasileiro com mais gente no DM

O

Brasileirão

está prestes a começar, mas nem todo mundo tem força máxima. O calendário apertado em razão da

Copa do Mundo

no fim do ano pode ser uma das razões para vários elencos estarem desfalcados no início das Séries A e B, que ocorrem neste fim de semana.

O seu time está com o departamento médico lotado ou vazio? A reportagem do

UOL Esporte

separou o ranking da enfermaria dos principais clubes do

futebol

brasileiro.

Tá faltando vaga no Botafogo

Joel Carli, do Botafogo, durante contra Volta Redonda, válida pelo Campeonato Carioca 2022 - Dhavid Normando/Futura Press/Folhapress - Dhavid Normando/Futura Press/Folhapress

Joel Carli, do Botafogo, trata uma lesão no tornozelo

Imagem: Dhavid Normando/Futura Press/Folhapress

O DM mais lotado entre os principais clubes do país é o do

Botafogo

. São nove jogadores entregues aos cuidados médicos no começo do Brasileirão. Carli (lesão no tornozelo), Carlinhos (lesão no joelho esquerdo), Diego Loureiro (dores musculares), Ênio (fratura do quinto metatarso), Gabriel Tigrão (lesão no joelho esquerdo), João Victor Maranhão (entorse no joelho direito), Lucas Mezenga (

trombose

no braço), Rafael (ruptura no tendão de Aquiles) e Vitinho (ruptura nos ligamentos do joelho esquerdo) estão fora.

Corinthians, Flamengo e Inter estão segundo

Arrascaeta durante partida do Flamengo contra o Bangu pelo Campeonato Carioca - Jorge Rodrigues/AGIF - Jorge Rodrigues/AGIF

Arrascaeta está com dores no tornozelo e segue no DM

Imagem: Jorge Rodrigues/AGIF

O segundo lugar no ranking dos departamentos médicos mais lotados entre os principais clubes do país está dividido entre


Corinthians


,

Flamengo

e

Internacional

. São cinco jogadores afastados em cada um deles.

No Timão, o caso mais grave é o do meia-atacante Ruan Oliveira, operado em 2020 e que ainda não retornou aos gramados. O atleta segue trabalhando com os fisioterapeutas e não tem prazo para ser reintegrado ao elenco. Completam a lista o lateral Fagner, com uma lesão muscular na coxa esquerda, o centroavante Júnior Moraes, com um desconforto na região da lombar, o meia Luan, fora de combate há mais de duas semanas por conta de um desconforto no quadril e, por fim, o zagueiro Raul Gustavo, com dores musculares na coxa esquerda.

No Mengão estão fora: Isla (lesão no quadríceps), Arrascaeta (dores no tornozelo esquerdo), Pablo (lesão no joelho direito), Rodrigo Caio (se recupera de problema no joelho esquerdo), e Vitinho (lesão muscular na coxa)

No Colorado, o DM tem: o meia-atacante Wanderson, contratado recentemente e que ainda não estreou em razão de um edema muscular, o zagueiro Tiago Barbosa, que tem pouca participação no elenco mas faz parte do grupo e sofre uma lesão muscular de grau três, D’Alessandro, que sofreu uma entorse no tornozelo, o lateral esquerdo Moisés que sofreu uma lesão nos ligamentos do joelho direito, e o atacante David, com uma lesão muscular.

Cruzeiro leva o bronze

Giovanni tem 34 jogos pelo Cruzeiro e marcou três gols em duas passagens pelo clube - Bruno Haddad/Cruzeiro - Bruno Haddad/Cruzeiro

Giovanni é um dos quatro lesionados do Cruzeiro

Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

O


Cruzeiro


vai estrear na Série B com quatro jogadores no DM: os meias Giovanni e Marco Antonio, o volante Filipe Machado e goleiro Gabriel Brazão. Dos quatro, Giovanni e Machado foram utilizados como titulares por Pezzolano em alguns jogos do Mineiro.

Fluminense, Vasco, Grêmio e Atlético-MG

Sarrafiore comemora gol do Vasco contra o Remo pela Série B - Fernando Torres/AGIF - Fernando Torres/AGIF

Sarrafiore passou por cirurgia no joelho direito em 2021 e está em processo de recuperação

Imagem: Fernando Torres/AGIF

Quatro clubes têm três jogadores sob cuidados médicos.

Fluminense,

Vasco

,

Grêmio


e


Atlético-MG


podem ver o copo meio cheio ou meio vazio. Não estão no topo da lista da enfermaria, mas também não são os mais abaixo no ranking de ausentes.

No clube Gigante da Colina, Sarrafiore, que passou por uma cirurgia no joelho direito no fim do ano passado, ainda está em processo de recuperação. Além dele, o goleiro Halls, com um trauma no pé esquerdo, e o zagueiro Ulisses, que fez uma cirurgia ligamentar no pé esquerdo, também estão no DM.

No Flu, Felipe Melo sofreu uma lesão meniscal no joelho direito, Samuel Xavier se recupera de lesão na coxa direita e Luan Freitas se recupera de problema no joelho direito.

Em Porto Alegre, o Tricolor Gaúcho não conta com Kannemann, em recuperação de cirurgia no quadril, Nicolas, com uma lesão muscular na panturrilha, e Jhonata Robert, em recuperação de cirurgia no joelho.

Já em Belo Horizonte, o Galo não tem Réver e Matias Zaracho, ambos com desconforto muscular. Já o lateral-esquerdo Dodô passou por uma artroscopia no joelho esquerdo e deve ficar cerca de mais 40 dias fora.

Poucos, mas tem…

Luan celebra gol marcado pelo Palmeiras contra a Ponte Preta - Marcello Zambrana/AGIF - Marcello Zambrana/AGIF

Luan tem uma lesão muscular na coxa esquerda e é o único do DM alviverde

Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

No

Santos

são dois jogadores entregues ao departamento médico no início do Brasileirão. O goleiro John (problema no joelho) e o atacante Ângelo (lesão na coxa). Vários jogadores tiveram problemas ao longo do ano, mas já se recuperaram.

No

São Paulo

, o meia Gabriel Sara está com uma entorse no tornozelo direito e deve retornar em até duas semanas. Nos últimos dias, o clube informou ainda que Rodrigo Nestor sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo.

No

Palmeiras

, a fase é boa até no DM: apenas Luan segue por lá, com lesão muscular na coxa esquerda, e deve ficar mais um mês fora.

Link Original

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.