Notícias

Mauro: Incêndio no Ninho completa 38 meses e ninguém foi responsabilizado

A véspera da estreia do

Flamengo

no

Campeonato Brasileiro

foi marcada por

manifestações de torcedores

, incluindo chutes e danos nos carros dos jogadores, mas há 3 anos e 2 meses ocorria no local uma tragédia, com a

morte de dez garotos das categorias de base

em um incêndio na estrutura provisória, caso que até hoje não teve resolução da Justiça.

No podcast

Posse de Bola #217

, Mauro Cezar Pereira lembra a data, como faz a cada dia 8 de todo mês, cobrando por justiça e que se aponte quem foram os responsáveis pelo ocorrido, citando que hoje eles teriam na faixa de 17 anos, como Matheus França, que jogou contra o Sporting Cristal na

Libertadores

na última terça-feira (5).

“Exatamente há 38 meses, naquele local. Nada aconteceu, ninguém foi condenado, ninguém foi acusado de nada, não tem responsável, ninguém é responsabilizado por aquilo e dirigentes daquela gestão anterior, que montou aquela estrutura, que deixou ela lá, às vezes são aplaudidos por torcedores quando aparecem em alguns lugares públicos, o que é nojento, abjeto, é uma coisa que é revoltante”, diz Mauro Cezar.

“Garotos de 14 anos, hoje teriam 17, o Matheus França, que entrou no jogo da Libertadores terça-feira no segundo tempo tem 17 anos, ele é da geração daqueles dez garotos que morreram, morreram queimados vivos dentro do CT do Flamengo e estavam sob responsabilidade do clube, é sempre bom lembrar. O clube, ‘ah pune o clube’. Como é que você prende o clube e pune o clube? O clube tem pessoas à frente, essas pessoas têm que responder, até hoje a Justiça não fez nada de concreto com relação a isso”, completa.

O jornalista critica a própria cobertura da imprensa por deixar de acompanhar o caso com a importância que ele tem, pontuando que é muito tempo e muita coisa já aconteceu no próprio Flamengo, o que torna inaceitável a falta de uma resolução.

“A gente não fala disso porque infelizmente o jornalismo vive assim. Qual é a coisa que choca hoje? É isso aqui, aí vem outra coisa que vai chocar e esquecem. A boate Kiss foi esquecida por muito tempo, aí quando teve julgamento lembraram que existia e por aí vai, a mesma coisa acontece com o Ninho do Urubu e hoje eu duvido que as pessoas estejam lembrando dentro e fora do Ninho do Urubu. Estão lá, mas lembram dos dez garotos que morreram?”, questiona.

“Eu lembro, hoje é dia 8, 38 meses, é muito tempo, 3 anos e dois meses, quanta coisa aconteceu, o Flamengo contratou Jesus, foi campeão da Libertadores, campeão brasileiro, campeão de novo, ganhou o Campeonato Carioca, perdeu não sei o que, mandou técnico embora, Jesus foi embora, volta Jesus, não volta Jesus e nada aconteceu. Já foi reeleito o presidente e nada aconteceu”, conclui.


Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do

Posse de Bola

está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do

UOL

ou nos perfis do

UOL Esporte

nas

redes sociais

(

YouTube

,

Facebook

e

Twitte

r).

A partir de meio-dia, o

Posse de Bola

estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no

Spotify

,

Apple Podcasts

,

Google Podcasts

,

Amazon Music

e

Youtube

–neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em

uol.com.br/podcasts

.



Link Original

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.