Notícias

Mauro: Fala-se mais do Jorge Jesus na mídia do que na torcida do Flamengo

A crise instalada no Flamengo, com o nível de

futebol

apresentado pelo time comandado pelo técnico Paulo Sousa, trouxe mais uma vez a sombra de Jorge Jesus, que segue sem clube desde que foi demitido do Benfica, mas para Mauro Cezar Pereira este clamor pelo treinador que comandou o clube entre 2019 e 2020 é maior entre jornalistas do que para os torcedores rubro-negros.

No podcast

Posse de Bola #217

, Mauro Cezar afirma que a torcida do Flamengo parece ter entendido desta vez que o problema do clube hoje não se trata do treinador, que está em início de trabalho e com a missão de reformular um elenco de jogadores vencedores, mas que estão 3 anos mais velhos em comparação ao período dos principais títulos.

“Eu acho que fala-se mais do Jorge Jesus na mídia do que na torcida e até na Fla mimimi, na rede social, eu não vejo hashtag do Jorge Jesus, pessoal gritando o nome dele no Maracanã. Não, a torcida me parece entender desta vez que o problema não está no técnico, o problema está em jogadores que ficaram mais velhos, que já não rendem mais”, diz o jornalista.

O colunista do UOL também afirma que as críticas de que Paulo Sousa seria muito ríspido não se justificam, já que Jorge Jesus não era diferente, inclusive com suas reações sendo reconhecidas publicamente, nos dias de jogos.

“Alguém acha que o time de 2019 se por ventura o Jesus aparece no Flamengo de novo, vai ser escalado todo mundo igualzinho? Não vai, alguns jogadores não vão conseguir executar o que ele vai exigir, porque ele não pede, ele exige e dá esporro, dá bronca, dá xilique e expõe mesmo, é assim que ele age”, diz Mauro.

“Esse papinho aí de que o técnico é ríspido, como se comenta aí nos bastidores, que alguns jogadores ficaram chateados que ele parece que fala de uma forma muito abrupta, o Jesus fala para todo mundo ver, isso não é novidade nenhuma, sempre foi assim, é o jeito dele, gostemos ou não. Acho que na verdade a torcida percebeu que o problema é outro”, conclui.


Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do

Posse de Bola

está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do

UOL

ou nos perfis do

UOL Esporte

nas

redes sociais

(

YouTube

,

Facebook

e

Twitte

r).

A partir de meio-dia, o

Posse de Bola

estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no

Spotify

,

Apple Podcasts

,

Google Podcasts

,

Amazon Music

e

Youtube

–neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em

uol.com.br/podcasts

.



Link Original

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.