Notícias

Informações, palpites e análises do PVC para a terceira rodada. Palmeiras precisa vencer clássico e Atlético pode chegar a 100% como fez há dois anos

Sábado, Arena da Baixada, 16h30

ANÁLISE – O Athletico precisa dar sinal de recuperação depois de perder as duas primeiras rodadas, mas é difícil reagir contra o Flamengo e curva visivelmente ascendente.

ATHLETICO PARANAENSE – Problemas – Hugo Moura (emprestado pelo Flamengo) – Time provável (4-3-3) – Bento, Orejuela, Matheus Felipe, Pedro Henrique e Abner; Pablo Siles, Bryan Barcia e Terans; Canobbio, Pablo e Cuello. Técnico: Fábio Carille

Últimos cinco jogos – d-d-e-e-d

FLAMENGO – Problemas – Bruno Henrique (machucado), Fabrício Bruno (machucado), Rodrigo Caio (machucado), Ayrton Lucas (machucado), Matheus França (machucado) – Time provável (3-4-2-1) – Hugo, William Arão, David Luiz e Filipe Luís; Isla, Thiago Maia, João Gomes e Lázaro; Éverton Ribeiro e De Arrascaeta; Gabriel. Técnico: Paulo Sousa

Últimos cinco jogos – e-v-v-e-v

CURIOSIDADE – Fábio Carille deixo o Corinthians depois de sofrer uma derrota para o Flamengo por 4 x 1, em 2019.

RETROSPECTO – De vinte partidas de Athletico Paranaense x Flamengo, na Arena da Baixada, pelo Brasileiro, só uma vitória rubro-negra, por 2 x 0, em 2019.

PALPITE – Athletico Paranaense

ARBITRAGEM – Raphael Claus (SP); Danilo Ricardo Simon Manis (SP), Neuza Inês Back (SP)

ÁRBITRO DE VÍDEO – Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)

Sábado, Nabi Abi Chedid, 16h30

ANÁLISE – O São Paulo deve escalar sua maior força e o Bragantino poupar jogadores por causa do confronto contra o Estudiantes, pela Libertadores. Esta pode ser a chance da primeira vitória do São Paulo sobre o Red Bull desde a chegada à Série A do Brasileirão.

BRAGANTINO – Problemas – Natan (machucado), Lucas Evangelista (machucado), Praxedes (machucado), Artur (machucado), Emi Martínez (machucado), Raul (machucado), Gabriel Novaes (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Cleiton, Andrés Hurtado, Léo Ortiz, Renan e Ramon; Jádsom e Eric Ramires; Bruno Tubarão, Hyoran e Sorriso; Ytalo. Técnico: Maurício Barbieri

Últimos cinco jogos – v-v-e-e-v

SÃO PAULO – Problemas – Nenhum – Time provável (4-1-3-2) – Jandrei, Rafinha, Diego, Léo e Wellington; Pablo Maia; Alisson, Rodrigo Nestor e Gabriel Sara; Éder e Calleri. Técnico: Rogério Ceni

Últimos cinco jogos – e-d-e-v-v

CURIOSIDADE – Rogério Ceni e Maurício Barbieri fizeram dois jogos Bragantino x São Paulo desde o retorno de Rogério ao São Paulo. Um empate por 1 x 1 e uma vitória do Bragantino por 4 x 3, ambos em Bragança Paulista.

RETROSPECTO – O Bragantino venceu os últimos três jogos de Brasileiro contra o São Paulo, dois em Bragança e um por 2 x 1, no Morumbi.

ARBITRAGEM – Bruno Arleu de Araújo (SP); Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ), Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

ÁRBITRO DE VÍDEO – Daniel Nobre Bins (RS)

Sábado, Arena Barueri, 19h

ANÁLISE – As escalações vão determinar o jogo e elas serão secretas até uma hora antes do pontapé inicial. É provável que Abel Ferreira repita o time contra o Flamengo e Vítor Pereira escale seus melhores jogadores, mas com força de Du Queiroz e Maycon no meio-de-campo.

PALMEIRAS – Problemas – Luan (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Wéverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez Murilo e Piquerez; Danilo e Zé Rafael; Dudu, Raphael Veiga e Scarpa; Rony. Técnico: Abel Ferreira

Últimos cinco jogos – e-e-d-v-v

CORINTHIANS – Problemas – Nenhum – Time provável (4-3-3) – Cássio, Fágner, Gil, Raul Gustavo e Fábio Santos; Du Queiroz, Renato Augusto e Maycon; Willian, Júnior Moraes e Roger Guedes. Técnico: Vítor Pereira

Últimos cinco jogos – e-v-v-v-d

CURIOSIDADE – Abel Ferreira e Vítor Pereira duelam pela segunda vez como técnicos de Palmeiras e Corinthians. Da primeira, vitória palmeirense por 2 x 1 no Allianz Parque.

RETROSPECTO – Com Abel Ferreira, o Palmeiras ganhou três vezes, empatou duas e perdeu uma do Corinthians.

ARBITRAGEM – Anderson Daronco (RS); Rafael da Silva Alves (RS), Michael Stanislau (SP)

ÁRBITRO DE VÍDEO – Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)


FLUMINENSE x INTERNACIONAL

ANÁLISE – Pode apostar que Mano Menezes montará uma equipe sólida no Maracanã e obrigará o Fluminense a ter uma capacidade de abrir sistemas defensivos que, muitas vezes, lhe falta.

FLUMINENSE – Problemas – Felipe Melo (machucado), Yago Felipe (machucado, dúvida) – Time provável (3-4-1-2) – Fábio, Nino, Manoel e David Braz; Calegari, André, Nonato e Cris Silva; Ganso; Arias e Cano. Técnico: Abel Braga

Últimos cinco jogos – v-v-d-e-v

INTERNACIONAL – Problemas – Taison (machucado), Pedro Henrique (machucado), Alan Patrick (recuperação física), Kayque Rocha (machucado), Moisés (machucado), Bruno Gomes (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Daniel, Bustos, Rodrigo Moledo, Mercado e Renê; Gabriel; Maurício, Edenílson, Liziero e David; Wesley Moraes. Técnico: Mano Menezes

Últimos cinco jogos – v-e-d-e-v

CURIOSIDADE – Mano Menezes estreia como técnico do Internacional no mesmo palco onde saiu de seu último trabalho, pelo Bahia.

RETROSPECTO – O Internacional venceu o Fluminense, no Maracanã, pela última vez, em 2018. Nos últimos três encontros de Brasileirão, três vitórias do Flu.

PALPITE – Internacional

ARBITRAGEM – Bráulio da Silva Machado (SC); Alex dos Santos (SC), Thiaggo Ameircano Labes (SC)

ÁRBITRO DE VÍDEO – Émerrson de Almeida Ferreira (MG)


ATLÉTICO MINEIRO x CORITIBA

Sábado, Independência, 21h

ANÁLISE – Mesmo com viagem programada para enfrentar o Independiente del Valle, na terça-feira, o Atlético deve ter um time competitivo, com jogadores preservados no meio de semana.

ATLÉTICO MINEIRO – Problemas – Keno (machucado), Dodô (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Éverson, Guga, Godin, Junior Alonso e Arana; Allan e Jair; Ademir, Nacho Fernández e Vargas; Hulk. Técnico: Antonio Mohammed

Últimos cinco jogos – v-v-e-v-v

CORITIBA – Problemas – Warley (machucado), Léo Gamalho (machucado), Thonny Anderson (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Alex Muralha, Guilherme, Henrique, Luciano Castan e Egídio; William Farias e Andrey; Robinho, Igor Paixão e Alef Manga; Clayton. Técnico: Gustavo Morínigo

Últimos cinco jogos – v-d-v-v-v

CURIOSIDADE – A última vez em que o Galo começou o campeonato com três vitórias seguidas foi em 2020.

RETROSPECTO – O Coritiba não vence o Atlético em Belo Horizonte desde 2014, quando jogou no Independência.

ARBITRAGEM – Sávio Pereira Sampaio (DF); Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA), José Reinlado Nascimento Júnior (DF)

ÁRBITRO DE VÍDEO – Rodrigo Nunes de Sá (RJ)


SANTOS x AMÉRICA MINEIRO

Domingo, Vila Belmiro, 16h

ANÁLISE – Fabián Bustos ainda busca identidade para este novo Santos, enquanto Vágner Mancini conhece o elenco que tem à disposição. Jogo difícil para o Santos.

SANTOS – Problemas – Nenhum – Time provável (4-3-1-2) – João Paulo, Mádson, Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Rodrigo Fernández e Zanocelo; Ângelo, Ricardo Goulart e Jhojan Julio; Marcos Leonardo. Técnico: Fabián Bustos

Últimos cinco jogos – d-v-v-e-d

AMÉRICA MINEIRO – Problemas –

Últimos cinco jogos – v-v-e-d-d

CURIOSIDADE – Na história deste jogo, o primeiro confronto de Brasileirão aconteceu em 1971, quando Mauro Ramos de Oliveira era o treinador santista e Aírton Moreira o técnico do América. Aírton Moreira, irmão de Aymoré e Zezé Moreira, foi o técnico do Cruzeiro, campeão da Taça Brasil de 1966.

RETROSPECTO – O Santos perdeu os últimos quatro jogos para o América, tanto na Vila Belmiro, quanto no Independência.

ARBITRAGEM – Wilton Pereira Sampaio (GO); Fabricio Vilarinho da Silva (GO), Bruno Raphael Pires (GO)

ÁRBITRO DE VÍDEO – Rafael Traci (SC)

Domingo, Alfredo Jaconi, 18h

ANÁLISE – Os dois times mesclaram o time na Copa do Brasil e têm por prioridade escapar do rebaixamento. Jogar em Caxias, contra o Cuiabá, não tem sido fácil… para o Juventude.

JUVENTUDE – Problemas – Edinho (machucado), Moraes (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – César, Rodrigo Soares, Paulo Miranda, Rafael Forster e Busanello; Yuri e Jádson; Capixaba, Chico e Paulinho Moccelin; Ricardo Bueno. Técnico: Eduardo Baptista

Últimos cinco jogos – e-d-e-v-d

CUIABÁ – Problemas – Camilo (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Wálter, João Lucas, Marllon, Alan Empereur e Igor Cariús; Pepê e Rafael Gava; André Luís, Rodriguinho e Éverton; Élton. Técnico: Pintado

Últimos cinco jogos – d-d-v-v

CURIOSIDADE – Ano passado, o Cuiabá venceu em Caxias e empatou em Mato Grosso.

RETROSPECTO – Só dois jogos na história do Brasileirão, com uma vitória do Cuiabá e um empate.

ARBITRAGEM – Paulo Roberto Alves Júnior (PR); Bruno Boschillia (PR), Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

ÁRBITRO DE VÍDEO – Rodrigo Nunes de Sá (RJ)


ATLÉTICO GOIANIENSE x BOTAFOGO

Domingo, Castelo do Dragão, 18h30

ANÁLISE – O Botafogo tenta manter a base pelo terceiro jogo seguido, mas terá de conviver com o cansaço, mesma questão do Atlético, que joga em casa, mas teve um dia a menos de preparação depois de enfrentar o Cuiabá pela Copa do Brasil.

ATLÉTICO GOIANIENSE – Problemas – Nenhum – Time provável (4-1-4-1) – Luan Polli, Dudu, Wânderson, Édson e Jéfferson; Baralhas; Shaylon, Marlon Freitas, Jorginho e Léo Pereira; Wellington Rato. Técnico: Umberto Louzer

Últimos cinco jogos – d-v-e-v

BOTAFOGO – Problemas – Barreto (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Gatito Fernández, Saravia, Phillipe Sampaio, Kanu e Daniel Borges; Luís Oyama; Diego Gonçalves, Chay, Patrick de Paula e Victor Sá; Erison. Técnico: Luís Castro

Últimos cinco jogos – v-v-d-v-d

CURIOSIDADE – Atenção para o detalhe da logística. O Botafogo está treinando em Goiânia desde quinta-feira, depois de jogar contra o Ceilândia, em Brasília. O Atlético só se dedicou a seu jogo de domingo depois de enfrentar o Cuiabá, na quinta.

RETROSPECTO – O Botafogo não perdeu em nenhuma das últimas três viagens a Goiânia para enfrentar o Atlético, desde a última derrota, em 2011. Empatou duas e venceu uma.

ARBITRAGEM – Luiz Flávio de Oliveira (SP); Marcelo Chamusca (SP), Alex Ang Ribeiro (SP)

ÁRBITRO DE VÍDEO – Rodrigo Guarizo do Amaral (SP)

Segunda-feira, Ressacada, 20h

ANÁLISE – O Goiás perdeu dois bons jogadores de meio-de-campo e pode ter poucas opções além de atacar o Avaí num palco onde jamais venceu pela Série A.

AVAÍ – Problemas – Rômulo (machucado), Lucas Ventura (machucado) – Time provável (4-2-3-1) – Douglas, Kevin, Bressan, Arthur Chaves e Cortez; Raniele e Bruno Silva; Muriqui, Morato e Copete; Vinicius Leite. Técnico: Eduardo Barroca

Últimos cinco jogos – d-v-e-e-d

GOIÁS – Problemas – Caio Vinicius (machucado), Auremir (machucado) – Time provável (4-1-4-1) – Tadeu, Diego, Sídnei, Reynaldo e Hugo; Felipe Bastos e Da Silva; Apodi, Dadá Belmonte e Danilo Barcelos; Pedro Raul. Técnico: Jair Ventura

Últimos cinco jogos – e-d-d-d-d

CURIOSIDADE – As únicas duas vitórias do Goiás em 14 jogos de Série A aconteceram no Serra Dourada.

RETROSPECTO – Na Ressacada, são três vitórias do Avaí e um empate, em quatro confrontos pela Série A.

ARBITRAGEM – Antonio Dib Moraes de Souza (PI); Rogério Braga (PI), Márcio Iglesias (PI)

ÁRBITRO DE VÍDEO – Wágner Reway (MT)

Link Original

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.