Notícias

Flamengo homenageia rubro-negras ilustres em início do ‘Mês da Mulher’


Flamengo homenageia rubro-negras ilustres em início do ‘Mês da Mulher’

Figuras como Dona Laura e Tia Zica receberam o carinho do clube nas redes sociais


Nesta terça-feira (01), o mês de março se inicia e, com ele, todas as homenagens às mulheres do Brasil e do mundo. Merecedoras de todo o carinho, as rubro-negras receberam uma publicação muito especial do Flamengo nas redes sociais. Além de desejar o melhor para 100% das torcedoras do Mengão, o Mais Querido também relembrou figuras ilustres que já vestiram o Manto Sagrado e são símbolos da arquibancada.

Entre os nomes escolhidos para realizar tal homenagem, Dona Laura e Tia Zica tiveram maior destaque. A primeira é criadora e fundadora da Charanga Rubro-Negra, a primeira torcida organizada da história do futebol brasileiro. Já a segunda, mais fresca na memória dos torcedores do Mengão, é símbolo da arquibancada. Tanto que, em um dos momentos mais difíceis da história do clube, foi de Olaria até o Maracanã para apoiar.

CONFIRA A HOMENAGEM DO FLAMENGO NA ÍNTEGRA:

“Da força delas foi construída a história do Flamengo. A partir de hoje, durante todo este mês de março, vamos lembrar e homenagear algumas das mulheres mais incríveis e que representam com honra o Manto Sagrado. Mulheres como Dona Laura que, ao lado de Jayme de Carvalho (seu outro amor Flamengo), fundou a Charanga Rubro-Negra, 1ª torcida organizada do Brasil.

Como esquecer a Tia Helena, fundadora da Torcida Jovem do Flamengo? Lendária na arquibancada do Maraca. Parte da alma vermelha e preta. Dedicação e amor. Tuninha, da eterna Flamante, torcedora de carteirinha. Hoje é a presidente da Boca Maldita – que já teve integrantes como Flávio Costa, Kanela, Marcio Braga e outros grandes nomes. E não dá pra deixar de falar na Tia Zica. Um símbolo do que é amar ao Flamengo. Por sua paixão, já foi a pé de Olaria até o Maraca pra apoiar o Mengão.

Lia Formiga, da Charanga, Vera, da Flamour, Dona Liberty, da FlamIlha, Dona Wanda da Flatuante, Dona Tereza, da Boca Maldita, Celinha e Ceiça, da Flamante. Tantas inspirações… Da torcida, da luta, da coragem das mulheres, o canto de “Mengo” nas arquibancadas vibrou mais intensamente e com mais coração. Obrigado!”


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Apesar de não entrar em campo no Dia Internacional da Mulher (8 de março), o Mais Querido pode dar um presenta antecipado à todas as rubro-negras. Isso porque, no domingo (06), o Flamengo enfrenta o Vasco, em jogo válido pela décima rodada do Carioca. A partida acontecerá às 16h (horário de Brasília), no Estádio Nilton Santos e contará com transmissão do Coluna do Fla, no YouTube.

Link do post

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.