Notícias

Em meio à turbulência, as boas notícias do Flamengo vêm do Ninho


Em meio à turbulência, as boas notícias do Flamengo vêm do Ninho

Com um desempenho coletivo abaixo  do esperado na temporada, o Flamengo vê as boas notícias vindo do Ninho do Urubu, com o crescimento de jogadores formados no clube sob o comando de Paulo Sousa. São os casos de Lázaro, João Gomes, Hugo e Matheuzinho, com participações importantes em 2022, a mais recente na estreia da Copa Libertadores, no 2 a 0 sobre o Sporting Cristal.

Os vices da Supercopa do Brasil e do Carioca, a dificuldade de assimilação do elenco às ideias de Paulo Sousa e a oscilação de alguns dos principais nomes do elenco, como Gabigol, Willian Arão e Filipe Luís, entre outros, fizeram o ambiente do elenco às vésperas da Libertadores efervescer. Não bastasse isso, houve a indefinição a respeito do jogo por conta dos protestos na capital Lima.

Se não foi uma grande atuação coletiva, o treinador Paulo Sousa viu que pode seguir contando com Lázaro e João Gomes, que entraram bem na etapa final e já são pedidos entre os titulares, além de Matheuzinho, outra jovem da base que vem tendo chances no time principal. O atacante é quem mais se adaptou à função de ala esquerdo, mas entrou na faixa central e deu bel assistência para o lateral marcar o segundo gol do time já nos acréscimos da confronto.

Já João Gomes é um dos xodós da torcida no momento. Se o garoto do Ninho mostra evolução e o espírito exigido pela torcida em campo, os demais concorrentes não fazem uma boa temporada. Willian Arão, Thiago Maia, Andreas Pereira… Todos têm apresentado um futebol abaixo do esperado.

Hugo Souza, por sua vez, foi quem logo conquistou a confiança da comissão técnica e assumiu a titularidade do Flamengo, deixando Diego Alves no banco. Após uma falha no Fla-Flu da Taça Guanabara, o camisa 45 foi bem nas semis contra o Vasco, nas decisões contra o Tricolor e na estreia da Libertadores. Pode se considerar o melhor momento de Hugo com o Mister, e logo quando ganhou a concorrência de Santos, ex-Athletico, que chegou ao clube há dias.

A chegada de Paulo Sousa, em janeiro, era promessa de maior integração com a base e, até o momento, o treinador tem feito esse papel. Com boa abertura para os profissionais das divisões do clube, o Mister tem encontrado, dentro de sua metodologia de trabalho, espaço para dar minutos aos jovens da base. Além dos já citados, Matheus França, de 18 anos, tem ganhado minutos com o time principal. Nesta terça, em Lima, fez sua estreia pelo clube na Libertadores.


Veja mais números e curiosidades sobre os garotos do Ninho com Paulo Sousa:

Hugo Souza (Goleiro):

– São 13 partidas completas do goleiro na temporada, das quais venceu nove, empatou duas e perdeu duas. Em seis oportunidades, Hugo Souza não sofreu gols, como na partida de estreia da Libertadores.


Matheuzinho (Lateral):


– Jogador mais escalado como ala-direito, no sistema com três zagueiros, Matheuzinho é o nome da função com maior eficiência no setor ofensivo. São duas assistências (uma para Arrascaeta e outra para Bruno Henrique) e um gol.


Lázaro (Meia-atacante):


– Entre os atletas com mais jogos pelo Flamengo na temporada, Lázaro está entre os mais decisivos: são cinco assistências, dividindo o posto de garçom com ninguém menos que Arrascaeta, e dois gols marcados em 2022. Meia-atacante de origem, o garoto do Ninho tem sido utilizado como ala-esquerdo.


João Gomes (Volante):


​- Cria do Ninho, João Gomes é o atleta que mais disputou partidas pelo Flamengo em 2022: foi acionado em 15 jogos, sendo titular nove vezes. Em meio aos nomes mais experientes e reforços de alto investimento, como Arão, Thiago Maia e Andreas Pereira, o jovem é quem tem se destacado na função.

Matheuzinho e Lázaro

Matheuzinho e Lázaro foram bem, mais uma vez, contra o Sporting Cristal (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Link Original

E pra você que curte o mundo esportivo -- entre agora mesmo em Palpites GE e tenha sempre em mãos as melhores dicas de investimento no futebol brasileiro e internacional.